ENNOR concede título de Professor Honorário para o ministro Luiz Fux

Brasília (DF) – Na última quinta-feira (5), a Escola Nacional de Notários e Registradores (ENNOR) entregou ao presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux, o título de Professor Honorário. O magistrado recebeu a titulação das mãos do presidente da ENNOR, Rogério Bacellar. Esse título é um prêmio concedido por universidades e instituições aos profissionais considerados destaque para um tema ou segmento.

A homenagem foi realizada em cerimônia reservada, com a presença de alguns integrantes da diretoria da ENNOR. Na solenidade, Bacellar lembrou a importância da parceria firmada entre a ENNOR e o CNJ em outubro, tanto para a classe quanto para o Judiciário.

“Essa parceria marcou a realização de um sonho antigo e que o ministro Fux tornou possível. Somos muito gratos pela confiança em nossa escola, que a cada dia se fortalece para preparação de cursos para a classe notarial e registral de forma oficial. E por esses e outros motivos estamos concedendo o título de Professor Honorário ao ministro, que tanto vem contribuindo com tudo isso”, destacou.

Termo de cooperação

Em outubro, a ENNOR e o CNJ assinaram um termo de cooperação técnica para a realização de cursos e pesquisas em matérias relacionadas ao Direito Notarial e de Registro. O objetivo é o aperfeiçoamento de notários e registradores que poderão melhorar os serviços oferecidos nos cartórios do país.

Na ocasião, o presidente do CNJ enfatizou que o novo Código de Processo Civil incentivou a desjudicialização, pois a litigância é predominante no Brasil. Atualmente, a tendência é buscar o extrajudicial, com os cartórios atuando diretamente nessa questão. “A atividade notarial hoje traz vários benefícios na prestação judicial. Essa parceria técnica entre a ENNOR e o CNJ converge para essa tendência de solução de conflitos fora da justiça”, complementou.

Fonte: Assessoria de Comunicação, com informações da CNR